9 ideias para você impulsionar as vendas na loja de conveniência

Descobrir como aumentar as vendas na loja de conveniência tem sido um desafio que merece bastante atenção. Isso porque o estabelecimento de comércio em um posto de combustível é extremamente lucrativo e relevante para o público, afinal uma simples parada já é suficiente para que um cliente faça sua compra.

Em tempos de crises como o que vivemos, os donos de postos de combustível devem usar a criatividade para captar novos clientes, sendo que aumentar o faturamento da loja pode ser a solução para fechar o mês com saldo positivo. É fundamental traçar estratégias que tragam bons resultados, analisando quais são as ações mais adequadas.

Pensando nisso, elencamos algumas dicas para que você possa aumentar as vendas na sua loja de conveniência e, com isso, melhorar o faturamento. Boa leitura!

1. Realizar promoções

Uma ótima promoção pode melhorar significativamente o posicionamento da marca, além, é claro, de associar a compra dos produtos da sua loja de conveniência a algo vantajoso. Mas é preciso atenção: as promoções devem ser feitas com o objetivo de lucrar, e não somente para agradar consumidores sem nenhum tipo de contrapartida.

Uma excelente estratégia é aproveitar datas comemorativas como Páscoa, Natal, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais e tantas outras para criar promoções especiais. Além disso, você pode usar técnicas de decoração para deixar o ambiente da sua loja mais chamativo.

2. Caprichar na exposição de produtos

A fim de tornar a exposição dos produtos da sua loja mais atraente, faça uso do vitrinismo, ou seja, das técnicas de montagem de vitrine. Além de deixar o seu estabelecimento ainda mais apresentável aos clientes, você aposta em uma técnica eficiente para garantir mais visibilidade.

O que também melhora a imagem do seu negócio é a seleção de displays, cores e sinalizações que sejam capazes de favorecer o impulso da compra. Sendo assim, invista em boas estratégias e garanta lucros maiores na sua loja.

É importante notar que uma loja de conveniências posicionada em um posto de gasolina, por exemplo, tem muitos clientes que estão apenas de passagem por ali. Desse modo, o posicionamento de produtos precisa ser estratégico o suficiente para aproveitar os poucos minutos que muitos desses consumidores gastarão no estabelecimento.

3. Distribuir as mercadorias em lugares estratégicos

Do mesmo modo que a exposição deve considerar os clientes em potencial que ficarão no local por alguns minutinhos, principalmente quando a loja fica em um posto de gasolina, é importante manter uma estratégia que englobe outro tipo de consumidor.

Em grande parte das vezes, o cliente compra produtos além da sua necessidade inicial. Isso acontece porque alguns lugares dispõem seus itens nos caminhos percorridos pelos consumidores ou junto aos checkouts, como é o caso das Lojas Americanas.

Tal ação faz com que os clientes permaneçam muito mais tempo na loja, o que aumenta consideravelmente as chances de venda. Já se perguntou o motivo pelo qual o caixa sempre está rodeado por chocolates e guloseimas diversas? Tem tudo a ver com o posicionamento estratégico.

4. Usar as redes sociais a favor do negócio

Utilizando as redes sociais, além de poder ficar atento aos produtos mais requisitados pelo público, sua marca ganhará mais visibilidade na internet. Atualmente, estar nas mídias sociais é praticamente um imperativo para os negócios que desejam se destacar no mercado.

Então, invista em propagandas como as do Facebook Ads para garantir o seu espaço e conquistar mais clientes. Também é possível tentar estratégias gratuitas, como alocar uma ou mais pessoas para cuidar das redes e interagir diretamente com o público.

Assim, esses colaboradores poderão responder diretamente às dúvidas dos clientes e garantir um relacionamento próximo. Isso ajuda na fidelização e na construção de uma relação duradoura.

5. Contar com um mix de produtos 

Oferecer uma gama de produtos diferentes para o público certamente tornará sua loja ainda mais atrativa. Pense o seguinte: qual é a chance de o seu cliente encontrar os itens que você oferece em outra loja de conveniência?

Caso a resposta seja nenhuma, sem dúvidas você está no caminho certo. Então, é só promover seus produtos, posicionando-os em locais estratégicos, e dar um incentivo aos clientes para que eles consumam tais itens.

6. Otimizar a gestão de estoque

Melhorar a gestão de estoque envolve a alocação de produtos pela loja, mas também garantir que as mercadorias estejam sempre disponíveis. Além disso, é preciso cuidar para que não ocorra uma má distribuição dos itens que são bastante procurados pelos clientes.

Para conseguir isso, uma ótima ideia é começar pelo levantamento geral de produtos, utilizando uma check-list de conferência geral do estoque. A metodologia PEPS, ou “Primeira a Entrar, Primeira a Sair”, também é essencial para garantir que as primeiras mercadorias que entrem no estoque sejam os primeiros alocados nas prateleiras da loja.

7. Apostar no delivery

Estamos em plena pandemia do coronavírus: as pessoas estão cada vez mais receosas em sair de casa, principalmente se isso levar muito tempo. Uma estratégia interessante para driblar tal obstáculo é apostar no delivery.

É possível se associar a aplicativos de sucesso no mercado (como o iFood), mas outra ótima medida é anunciar o serviço dentro da própria loja. Deixe um anúncio bem chamativo dentro do estabelecimento, assim os consumidores que o visitarem, mesmo que uma só vez, tomarão nota da possibilidade de pedir produtos pelo telefone.

8. Oferecer produtos de qualidade

Nesse período de incertezas e comércio em baixa, nada de apostar todo o seu estoque em marcas duvidosas. Para garantir que as vendas continuem sendo feitas, invista em mercadorias de qualidade, atrelando sua própria loja aos melhores fabricantes do mercado.

Para tanto, é muito importante realizar um estudo aprofundado sobre as marcas preferidas dos consumidores. Desse modo, será mais fácil preencher suas prateleiras com produtos de alto nível e se tornar uma referência para os clientes.

Uma pessoa que seja cliente fiel de determinada marca, por exemplo, terá a certeza de que sua loja de conveniência tem exemplares daquele fabricante. Além disso, a tendência é que ela acabe observando outros produtos na loja, com a possibilidade de realizar uma compra ainda mais robusta.

9. Promover um atendimento de qualidade

Por fim, não adianta muito se concentrar nas questões logísticas e de infraestrutura, mas acabar oferecendo um atendimento de baixo nível. Conscientize seus colaboradores sobre os ganhos em fidelização que serão obtidos com um tratamento educado e humano, seja presencial ou por telefone.

Se for possível, ofereça combinações de produtos e brindes. Trata-se de duas maneiras incríveis para promover os itens desconhecidos pelos clientes e, assim, aumentar as vendas na loja de conveniência. Não perca mais tempo e invista em novas estratégias para garantir um melhor posicionamento do seu negócio no mercado!

Agora que você já sabe como aumentar as vendas de uma loja de conveniência, pode aplicar essas dicas no seu negócio e garantir um relacionamento mais próximo com o cliente. Além disso, investir na gestão de estoque é uma maneira de otimizar a distribuição e alocação de produtos.

Gostou do artigo e quer continuar visualizando nossos conteúdos em primeira mão? Então, siga-nos nas redes sociais: estamos no Facebook e no Instagram!

Gostou do texto?

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre marketing digital! Não enviaremos spam!