Voltar

Notícias

Investigação da PF contradiz tese de Bolsonaro sobre aumento de preços da gasolina por causa do PCC

23/02/2021

Fonte: Folha de S.Paulo

A relação feita por Jair Bolsonaro entre o preço dos combustíveis e fraudes não coibidas em postos de gasolina não bate com tese defendida pela Polícia Federal. O presidente citou a presença do PCC no setor e mencionou que o preço poderia ser “no mínimo 15% mais barato”.

O provável exemplo usado por Bolsonaro, porém, desmente a sua própria tese. A investigação da PF que trata da facção em postos traça cenário contrário: possível prática de concorrência desleal, com preços mais baixos.

O Minaspetro divulga notícias de outros veículos como mera prestação de serviço. Esses conteúdos não refletem necessariamente o posicionamento do Sindicato.
publicidade