Gestão de fornecedores: qual a importância para os postos de combustível?

A gestão de fornecedores é a chave para uma cadeia de suprimentos eficaz, otimizada e responsável. No contexto de um posto de combustíveis, essa estratégia é uma das principais razões para que o empreendimento se estabeleça como uma empresa lucrativa e respeitada no mercado.

No post de hoje, abordaremos o que é e por que é tão importante realizar uma boa gestão de fornecedores. Quer compreender todos os prejuízos que podem acontecer caso essa questão seja negligenciada? Então continue a leitura:

O que é gestão de fornecedores?

A gestão de fornecedores é realizada por meio da obtenção do máximo de informações a respeito de quem fornece os produtos ou serviços que serão comercializados em um negócio — nesse caso, nos postos de combustíveis.

Isso é fundamental para assegurar a qualidade e a verificação de padrões necessários para uma revenda sem complicações. Outro fator importante na gestão de fornecedores é a administração logística da distribuição de mercadorias e a inserção dos parceiros nesse processo.

Por que a gestão de fornecedores é tão importante?

O custo com produtos provenientes de fornecedores é responsável por uma parte considerável dos gastos em um posto de combustíveis. Esse fator já oferece, por si só, uma ideia da importância econômica de contar com uma gestão bem organizada nesse sentido, como forma inclusive de melhorar a lucratividade do negócio.

É importante acrescentar que a gestão de fornecedores não se resume apenas às negociações de valores. A qualidade dos produtos e serviços deve ser garantida, assim como o abastecimento eficaz dos pontos de venda.

A preocupação deve ser apenas com os combustíveis?

Atualmente, os serviços e produtos comercializados em um posto de combustíveis podem oferecer uma gama variada de facilidades aos clientes. Óleo de motor, palhetas para limpadores de para-brisa, filtros em geral e até conveniências alimentícias são disponibilizados nesses pontos de venda

Por isso, além de negociações bem feitas, a qualificação de fornecedores e o alinhamento de estratégias de abastecimento com foco em rotatividade de produtos também devem ser pensados para cada tipo de mercadoria.

Quais prejuízos o posto pode enfrentar por uma gestão ineficaz?

Um gestor de posto de combustíveis que não dispensa a atenção necessária para a gestão de fornecedores pode enfrentar sérios problemas, como:

  • queda de credibilidade do posto diante dos clientes;
  • gastos e preços praticados acima do normal;
  • mau posicionamento no mercado;
  • perdas de produtos;
  • desabastecimento;
  • diminuição considerável no lucro final.

Como fazer uma boa gestão de fornecedores?

Antes de fechar um contrato de fornecimento, o ideal é anotar em planilhas ou sistemas de gestão informatizados o máximo de informações a respeito das condições de pagamento, qualidade dos produtos, pré-requisitos sobre garantias de procedência e frequência de fornecimento, por exemplo.

Dessa forma, você será capaz de lidar com exceções e emergências, permitindo insights que atenderão melhor ao posto de combustível. Todas essas questões devem ser revistas de tempos em tempos ou sempre que houver a possibilidade de acordar melhores contratos.

E aí, gostou do conteúdo? Quer continuar por dentro das melhores dicas para fazer do seu posto de combustíveis um verdadeiro sucesso? Continue acompanhando nossas atualizações nas redes sociais: estamos no Flickr e no YouTube!

Gostou do texto?

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre marketing digital! Não enviaremos spam!