4 erros que podem destruir a gestão financeira de um posto de combustível

O sucesso ou o fracasso de um posto de combustível não depende somente de boas vendas, mas de um planejamento financeiro adequado. Por vezes os gestores não têm o conhecimento necessário das ferramentas voltadas para essa área, o que prejudica gravemente as finanças do negócio.

Se você é dono de um posto de combustíveis e não está conseguindo atingir os resultados esperados, saiba que erros banais podem estar afetando diretamente o seu empreendimento. Veja abaixo as maiores falhas cometidas na gestão financeira em posto de combustível!

1. Não controlar o fluxo de caixa com eficiência

Um dos maiores deslizes cometidos pela má administração dos postos de combustíveis é não ter o controle do fluxo de caixa. É fundamental saber quais valores entram diariamente no caixa, quanto sai para o pagamento das contas, e qual é a quantia recebida pelas vendas para planejar novos investimentos.

O empreendedor que não sabe relatar esses pontos deve ficar atento, pois é um grande sinal de que erros estão sendo cometidos e que o estabelecimento está vulnerável a problemas futuros.

2. Ignorar as pequenas despesas

Muitos empresários costumam retirar pequenas quantidades de dinheiro do caixa sem realizar um prévio registro, pois acreditam que esses valores não vão fazer muita diferença para o bom andamento do negócio. Saiba que qualquer que seja a quantia, ela é significativa e impacta positiva ou negativamente nas suas contas.

Portanto, não retire valores do caixa sem informá-los na planilha de gastos. Dessa forma seu fechamento de final do dia ou mês estará correto e você não ficará com a sensação de que está faltando dinheiro.

3. Não conhecer o estoque

Diariamente são vendidas grandes quantidades de combustível e produtos acessórios para veículos, como o óleo. Qualquer que seja o produto vendido, sua saída ou entrada no posto de combustível deve estar sempre registrada e atualizada.

O controle de estoque servirá para ajudar na hora de fazer novas compras, evitando que a mercadoria venha a faltar ou a ficar estocada em grande quantidade. Assim, gastos emergenciais serão evitados e as mercadorias não vão se tornar obsoletas.

4. Confundir as finanças pessoais com as empresariais

Misturar as contas pessoais com as empresariais é um erro muito comum cometido pela maior parte dos empreendedores. Tenha em mente que o dinheiro da sua empresa serve para pagar as contas relativas ao estabelecimento e o valor estabelecido para ser o pró-labore é o que deve ser utilizado para suas próprias despesas.

Enfim, fazer a gestão financeira em posto de combustível não é uma tarefa fácil, mas evitando cometer erros como esses citados acima tornam-se mais visíveis os pontos a serem cuidadosamente acompanhados. Caso você ainda não se sinta seguro de estar fazendo o trabalho correto, contate um sindicato de revendedores de combustível e receba suporte desde a abertura do seu posto.

Você curtiu este post sobre os erros que podem destruir a gestão financeira em posto de combustível? Lembrou-se de outros exemplos? Então deixe um comentário e compartilhe com a gente a sua opinião e as suas ideias sobre o assunto!

Gostou do texto?

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre marketing digital! Não enviaremos spam!