Como abrir um restaurante de sucesso no posto de combustível?

Assim como uma loja de conveniência, um restaurante pode ser um excelente empreendimento para um posto de combustível. A diversificação tem sido bem recebida pelos empresários e pelo público usuário.

Para que você tenha sucesso no seu negócio, no entanto, é necessário conhecer alguns detalhes de planejamento, assim como outros mais operacionais. Desse modo, é possível garantir que nada fique para trás.

Continue a leitura deste post e saiba como abrir um restaurante de sucesso no posto de combustível!

1. Faça uma pesquisa de mercado na região do posto

A primeira iniciativa a ser tomada é a realização de uma pesquisa de mercado na região onde está instalado seu posto de combustível. Isso é necessário para você conhecer a demanda existente, isto é, o movimento comercial que pode ser esperado com a instalação do restaurante no seu estabelecimento.

Além disso, você deve conduzir uma pesquisa junto à sua clientela atual, aquela que faz uso do seu posto no dia a dia. Dessa forma você consegue perceber como seria recebido o novo empreendimento — ao mesmo tempo, sinaliza antecipadamente com uma divulgação.

2. Conheça a legislação aplicável

Um aspecto muito importante que precisa ser considerado desde o início (logo que você tiver a ideia de abrir o restaurante no seu posto) é o conhecimento da legislação aplicável. Em especial, considere as previsões da legislação sanitária.

Procure a Vigilância Sanitária da sua cidade e peça orientação. Alguns municípios possuem ainda uma legislação complementar, que também precisa ser conhecida.

Na verdade, um restaurante só pode entrar em funcionamento após receber a Licença de Funcionamento daquele órgão de saúde. Para isso, alguns trâmites são necessários e podem envolver medidas estruturais previstas no projeto do restaurante.

3. Defina a estrutura e o padrão

Ao confirmar a demanda, você define o padrão com que pretende trabalhar. Trata-se de um restaurante popular para trabalhadores da região, fornecendo pratos executivos? A procura maior é por um sistema self-service com pratos mais exigentes?

Qualquer que seja o caminho a seguir, o próximo passo é definir a estrutura de funcionamento. Isso significa dimensionar, entre outros aspectos:

  • local de recebimento dos insumos (mantimentos, frutas, verduras);

  • local e forma de armazenamento (estantes, refrigeradores, freezers);

  • local e procedimentos de manipulação e preparo;

  • local de consumação (salão, mesas);

  • rotinas de atendimento.

4. Planeje bem suas ações

Ao definir o mercado e dimensionar os locais e procedimentos operacionais que serão adotados, você já sabe o que pretende fazer. É hora de planejar como fazer, por onde começar, o que priorizar e, em especial, quanto isso vai custar.

Dessa forma, considere as seguintes ações a serem organizadas para um bom planejamento:

  • identificar as exigências da legislação;

  • com base no local, definir as principais estruturas a serem construídas ou adequadas;

  • definir a temática ou o estilo interno (mobiliário, decoração);

  • definir o fluxo operacional (como o restaurante vai funcionar);

  • elaborar uma planilha de custos especificando cada item de despesa;

  • fazer uma previsão de amortização do investimento (quando estará quitado e quanto você terá pago pelo que investiu);

  • identificar e conhecer seus fornecedores;

  • capacitar e treinar sua equipe para o encantamento dos clientes.

Saber como abrir um restaurante no seu posto de combustível já é um bom começo para um maior encantamento dos seus clientes. Sucesso!

Gostou deste post? Então veja aqui bons motivos para abrir uma loja de conveniência no seu posto!

Gostou do texto?

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre marketing digital! Não enviaremos spam!