Afinal, como fazer a gestão de conflitos de forma correta?

Em qualquer empresa, é comum haver divergências entre os colaboradores ou entre grupos de funcionários. Dependendo de como são administradas as diferenças de comportamento e de pensamento, elas podem ser positivas para a produtividade. Por isso, a gestão de conflitos se tornou muito importante no mundo corporativo.

Ela consiste na capacidade de gerenciar os impasses existentes e colabora para que as soluções sejam satisfatórias para todos os envolvidos, permitindo manter o bom ambiente de trabalho.

Neste post, destacaremos ações importantes para administrar os conflitos e promover um maior engajamento na equipe. Confira!

Estabeleça os valores da empresa

É fundamental que os empregados conheçam os valores institucionais para que tenham uma postura correta em relação aos colegas de empresa e aos demais segmentos do público-alvo. No processo de integração, mostre os princípios que norteiam a interação do posto de combustível com os stakeholders.

Assim, os colaboradores terão uma noção de como agir mesmo nas situações mais complicadas e como ficarem calmos em momentos de irritação por parte de clientes. Buscar uma uniformidade de comportamento ajuda a minimizar os problemas provocados pelas diferenças individuais.

Tenha uma boa comunicação

Um gestor deve se comunicar de maneira clara com a equipe, indicando as ações adequadas e os procedimentos para cultivar uma boa convivência. Também faz parte do processo de comunicação adotar a prática de ouvir os colaboradores.

Essa medida é crucial para entender cada lado envolvido em um conflito, ter condições de avaliar o cenário e tomar a decisão mais adequada para fortalecer a harmonia na empresa. Em um posto de combustível, o bom relacionamento entre os funcionários ajuda a consolidar um atendimento de alto padrão.

Exercite a empatia para fazer a gestão de conflitos

Estar aberto a ouvir os funcionários é uma atitude louvável para resolver as pendências que ameaçam o clima amigável no ambiente de trabalho. Contudo, essa iniciativa somente terá bons resultados ao praticar a empatia.

O gestor deve se colocar no lugar dos funcionários para entender o problema e encontrar a melhor alternativa para resolvê-lo. O ideal é explicar, para as partes envolvidas no conflito, o motivo da decisão tomada para solucionar a demanda. Com essa postura, os empregados se sentirão mais respeitados e terão um foco mais direcionado para a geração de bons resultados.

Seja profissional

É comum um gerente de posto de combustível ter mais afinidade com um grupo de funcionários. Porém, é necessário ter muito cuidado para a relação pessoal não afetar o profissionalismo.

Por mais que um gestor se identifique com um empregado, é preciso ter maturidade para reconhecer que o colega de trabalho não agiu de forma correta com outro funcionário. Manter a calma e o bom senso em situações de conflito é imprescindível para as desavenças não serem prejudiciais para a organização.

Saiba motivar a equipe

Quando os empregados se sentem valorizados, o engajamento e a produtividade aumentam bastante, o que é ótimo para qualquer negócio. Para a equipe apresentar um desempenho notável, o ideal é elogiar as tarefas bem executadas e apontar, com educação, os erros cometidos e as maneiras de corrigi-los e minimizá-los.

Também é válido promover premiações (destaque do mês, funcionário do ano etc.), bonificar os funcionários que batem metas e realizar confraternizações para fortalecer a integração entre a equipe.

Essas ações fazem com que o gestor esteja mais próximo dos empregados, tenha condições de identificar eventuais desentendimentos e converse amigavelmente com os envolvidos para resolver o problema da melhor forma possível.

Conforme um posto de combustível apresenta eficiência em lidar com gestão de conflitos, maiores são as possibilidades de reter talentos e de os colaboradores cativarem os consumidores com excelentes serviços.

Se você tem dúvidas sobre como gerenciar uma equipe ou bons exemplos para criar uma convivência sadia entre os funcionários, deixe o seu comentário neste post. A sua colaboração é muito importante para nós!

Gostou do texto?

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Um comentário para “Afinal, como fazer a gestão de conflitos de forma correta?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre marketing digital! Não enviaremos spam!