6 erros na contratação de funcionários que sua empresa não deve cometer

A contratação de funcionários é um processo que deve ser feito com muito cuidado por um gestor. Um dos motivos é que os empregados têm uma grande importância para uma empresa conquistar os clientes e conseguir bons resultados.

A qualidade no atendimento é um fator que apresenta uma influência significativa na imagem de um posto de combustível. Por isso, a escolha dos colaboradores deve ser feita com bastante critério, considerando a experiência profissional e as características pessoais.

Neste post, vamos mostrar 6 erros cometidos pelas organizações na hora de contratar um funcionário. Confira:  

1. Visualizar o contexto apenas em curto prazo

O primeiro passo para contratar de maneira correta é verificar se realmente é necessário a empresa contar com mais um colaborador. Dependendo do número de clientes, é interessante possuir mais funcionários em alguns dias da semana ou em um determinado mês por causa das férias de outros empregados.

Nesses casos, o empreendedor pode optar pelo contrato temporário. Isso ajuda a reduzir custos e proporciona ao posto mais condições de oferecer um preço atraente para os fregueses, o que estimula as vendas.   

2. Fornecer poucas informações sobre a vaga

É preciso especificar com bastante detalhes as atribuições de um cargo e as qualificações para ocupá-lo. Dessa forma, o posto de combustível terá possibilidades de contratar um funcionário que esteja dentro das expectativas.

No anúncio da vaga, o indicado é ter informações sobre a carga horária, a remuneração e os benefícios oferecidos. Ao agir com transparência, a empresa mostra respeito com os futuros colaboradores.  

3. Apressar a seleção para a contratação de funcionários

Por causa do aumento da demanda, um empreendedor pode ficar desesperado para expandir o número de colaboradores. Essa postura eleva consideravelmente as chances de escolher um funcionário que não apresenta o perfil adequado.

Isso pode provocar problemas no relacionamento entre os empregados e prejudicar a qualidade dos serviços. Na hora de contratar um colaborador, pense em um velho ditado popular: a pressa é inimiga da perfeição.  

4. Estar sem foco no que realmente necessita

Nenhuma empresa deve começar um processo seletivo, caso não saiba os requisitos e as competências para o preenchimento de uma vaga. Contratar mais um funcionário sem avaliar como ele realmente pode contribuir é um erro grave.

Uma das razões é o elevado risco do empregado não ser utilizado devidamente, gerando desmotivação e um baixo rendimento. Dependendo do caso, será necessário fazer um novo processo seletivo. Ou seja, mais perda de tempo e dinheiro para o seu negócio.     

5. Esquecer de preparar o ambiente de trabalho

Não investir em treinamento para um novo funcionário iniciar as atividades é um dos maiores equívocos cometidos por um posto de combustível.

Para evitar a queda na qualidade do atendimento, o ideal é que outro colaborador mais experiente acompanhe os serviços do novato nos primeiros dias de trabalho.

Dependendo da função, é crucial oferecer os equipamentos de segurança necessários para o novo colaborador exercer o cargo. Isso mostra respeito pelo empregado, o que evita a rotatividade.  

6. Priorizar a escolha com base nos custos

Sem dúvida, uma organização precisa ter lucro. Porém, é fundamental contar com um bom senso para que a busca por melhores resultados financeiros não prejudique a qualidade dos serviços.

Por exemplo, imagine que um posto de combustível esteja querendo contratar um novo gerente. No processo seletivo, foram identificados dois candidatos capazes para preencher a vaga.

Em vez de valorizar mais as habilidades para assumir a vaga, o critério de desempate priorizou quem aceita receber um salário mais baixo. Esse comportamento pode afetar negativamente a performance do negócio, porque existe o risco de contar com um gerente menos qualificado para gerir as atividades e os colaboradores. 

A suposta economia proporcionada pelo empregado pode prejudicar as vendas e diminuir a receita. 

Sem dúvida, a contratação de funcionários é muito importante para a sustentabilidade de um negócio. Se você pretende melhorar a administração das finanças, leia com atenção este post com 6 dicas de gestão financeira para o seu posto de combustível.

Gostou do texto?

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre marketing digital! Não enviaremos spam!